segunda-feira, 4 de dezembro de 2017

Aspectos do Romantismo no Brasil e no Mundo

Romantismo no Brasil e no Mundo


1. Romantismo na Europa Ocidental.


O Romantismo é o termo aplicado ao movimento literário e artístico que ocorreu entre 1785 e 1832 na Europa Ocidental. 

Ocorrendo no contexto da Revolução Industrial, da Revolução Francesa e das mudanças sociais, políticas e econômicas que ocorreram após a era de Augusto, o romantismo se afastou da ênfase na importância de uma visão de mundo empírica e material e olhou para a imaginação e natureza como fontes de percepção. 

Os escritores expressaram uma grande reverência pela natureza e acreditavam que a intuição, a emoção e a imaginação eram mais instrutivas do que o empirismo e a razão. 

O período romântico derrubou os valores inculcados durante a era de Augusto e se esforçou para se separar dos rígidos estilos de escrita dos antigos e clássicos exemplos de Virgílio, Horácio e Homero. Em vez disso, poetas e autores foram inspirados a escrever em suas próprias vozes individuais e criativas. 

Contextos culturais e literários 


A revolução industrial A Revolução Industrial foi uma transformação para a Grã-Bretanha no século 18. 
A revolução Francesa Começando em 1789 e terminando em 1799, a Revolução Francesa desempenhou um papel crucial na transformação dos sistemas políticos e sociais na França. Durante a revolução, a França mudou de uma monarquia para uma república de cidadãos livres. Este movimento drástico não só alterou os sistemas políticos e sociais, mas também tem um enorme impacto no mundo literário. Escritores como William Blake viram a revolução quando a sociedade voltou à perfeição onde as pessoas podiam expressar suas próprias opiniões. Os actos de encerramento Entre 1760 e 1820, as terras agrícolas na Grã-Bretanha foram consolidadas e tornadas mais compactas. A terra "desperdiçada" foi então tirada dos senhores e aldeões, a fim de aumentar a eficiência da agricultura, aumentar a produtividade da terra e, finalmente, aumentar os lucros. Esses atos de encerramento tiveram muitos efeitos na sociedade inglesa, incluindo muitos escritores românticos. Mais. . . 


2. Romantismo Regionalista no Brasil - Principais autores, obras e características


Características do Romance Regionalista. O Romantismo Regionalista - Principais autores e obras do estilo que visava enaltecer a natureza dos sertões brasileiro, seu povo, costumes, modos de falar tendo como principais representantes Bernardo Guimarães, José de Alencar, Visconde de Taunay e Franklin Távora dentre outros

Bernardo Guimarães

Suas obras são ambientadas em Minas Gerais e Goiás.
Obras: O ermitão de Muquém (1865), O seminarista (1872), A escrava Isaura (1875) – sua obra mais conhecida e estudada, tema de telenovela de grande sucesso aqui e mo exterior.


Alfredo d’Escragnolle Taunay

Recebeu o título de visconde.
Ficou conhecido como Visconde de Taunay.
Obras: A mocidade de Trajano (1871), Inocência (1872), Lágrimas do coração (1873), Ouro sobre azul (1875). A retirada da Laguna (1868 em francês, 1872 em português)


José Martiniano de Alencar

Obras relacionadas: O gaúcho (1870), O tronco do Ipê (1871), Til (1872), O sertanejo (1875).

Franklin Távora 

João Franklin da Silveira Távora.
Obras: Os Índios do Jaguaribe (1862); A Casa de Palha (1866); O Cabeleira (1876); O Matuto (1878); Sacrifício (1879); Lourenço (1881); Lendas e Tradições Populares do Norte (1878); A Trindade Maldita (1861); Um Casamento no Arrabalde (1869); dentre outras.

Álvares de Azevedo - 

Obra: Noite na Taverna


Romantismo no Brasil e no Mundo

3. Diferenças entre Neoclassicismo e o Romantismo. 


Em um artigo publicado com o título de Differences between Neoclassicism and Romanticism o autor fala das diferenças entre Neoclassicismo e o Romantismo, acompanhe as dez principais diferenças relatadas no texto.
Ambos Neoclassicismo e Romantismo são pólos opostos de uma variedade de perspectivas. No entanto, as diferenças visíveis entre Neoclassicismo e Romantismo são como se segue:

  • 1 - Os autores neoclássicos deram importância ao pensamento, razão e senso comum. Por outro lado, os escritores no romantismo deram importância às emoções, imaginação e experiência pessoal.
  • 2 - Em neoclassicismo, a poesia trata de acontecimentos da vida real em uma composição poética retratada por um personagem fictício. Mas, no Romantismo, a poesia expressa sentimentos pessoais do poeta, pois é espontânea.
  • 3 - Os neoclássicos deram importância a visão poética onde o leitor vê a outra pessoa através do olho do poeta. Considerando que, os românticos deram importância a poética 'eu', o que significa que o leitor vê o poeta como protagonista na estrutura do romantismo.
  • 4 - De acordo com os neoclássicos, os seres humanos eram uma parte importante da organização social, foram o principal assunto da poesia. Em contraste, os românticos apreciam natureza em sua poesia.
  • 5 - Para os neoclássicos, regras formais, dicção, vocabulário e gramática eram mais importantes. Pelo contrário, a dicção foi vista como menos importante no romantismo.
  • 6 - Os neoclássicos acreditavam na ordem em todas as coisas. Mas, os românticos acreditavam na espontaneidade de pensamento e ação.
  • 7 - Os neoclássicos escreveram sobre questões objetivas que interessados ​​sociedade como um todo, tais como, política e religião. Por outro lado, os romantistas escreveram sobre experiências subjetivas do indivíduo, tais como, desejos, esperanças e sonhos.
  • 8 - Padrões tradicionais eram estritamente mantidos pelos neoclássicos. Já no romantismo acreditava-se na experimentação.
  • 9 - Os neoclassicistas falam de uma vida controlada. Os românticos comemoram fortemente a paixão.
  • 10 - O foco dos neoclássicos foi principalmente com a preocupações de adultos, principalmente os da classe dominante. Mas, os românticos refletiram sobre as experiências de infância, as sociedades primitivas, e o homem comum.


4. Fatos do contexto histórico do Romantismo no Brasil.


Fatos do contexto histórico do Romantismo no Brasil. Se observamos na História do Brasil é possível identificar os conflitos, tensões e crises caracterizam a situação política do país no período, aproximado, do Romantismo, dentre estes podemos citar seis eventos marcantes.

  1. Proclamação da Independência do Brasil – (1822);
  2. Abdicação de D. Pedro I e as Regências, a Sabinada (1837-1838);
  3. A Balaiada (1838-1841);
  4. A Revolução Farroupilha (1835-1845);
  5. A Revolução praieira, em Pernambuco (1848);
  6. A Guerra do Paraguai (1865-1870).





Referências


Differences between Neoclassicism and Romanticism disponível em <http://iema.in/blog/differences-between-neoclassicism-and-romanticism-2/> Acessado em 29/11/2017


The Romantics Disponível em <https://britlitwiki.wikispaces.com/The+Romantics> acessado em 04/12/2017


Souza, Maria de F. Coutinho. Literatura Brasileira I. Eduep. 2012

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Top
Sobre | Termos de Uso | Política de Cookies | Política de Privacidade