terça-feira, 30 de janeiro de 2018

Primeira Comunhão

Primeira Comunhão, de João da Cruz e Sousa (Nossa Senhora do Desterro, 24 de novembro de 1861 — Curral Novo, 19 de março de 1898) foi um poeta brasileiro.  Com a alcunha de Dante Negro ou Cisne Negro, foi um dos precursores do simbolismo no Brasil. (Wikipedia

Primeira Comunhão


PRIMEIRA COMUNHÃO


 Grinaldas e véus brancos, véus de neve,
 Véus e grinaldas purificadores,
 Vão as Flores carnais, as alvas Flores
 Do Sentimento delicado e leve.

 Um luar de pudor, sereno e breve,
 De ignotos e de prônubos pudores,
 Erra nos pulcros virginais brancores
 Por onde o Amor parábolas descreve...

 Luzes claras e augustas, luzes claras
 Douram dos templos as sagradas aras,
 Na comunhão das níveas hóstias frias...

 Quando seios pubentes estremecem,
 Silfos de sonhos de volúpia crescem,
 Ondulantes, em formas alvadias... 

Cruz e Sousa
Broquéis

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Top
Sobre | Termos de Uso | Política de Cookies | Política de Privacidade